Órgão da Básilica do Bonfim volta a tocar após 80 anos

Segundo o escrivão e benemérito da secular Entidade, órgão foi doado à Basílica em 1854 por uma devota


Tribuna da Bahia, Salvador
17/07/2017 11:45 | Atualizado há 8 dias, 17 horas e 42 minutos

   

Após cerca de 80 anos mudo, o órgão de tubos da Basílica do Bomfim foi reinaugurado após a missa solene presidida pelo Bispo Auxiliar Dom Gilson, com a presença da Irmandade da Colina Sagrada , autoridades e devotos.A restauração do ícone da arte da música  fabricado na França foi iniciada na gestão de Artur Napoleão como Juiz da Irmandade e concluída, agora,  na administração do Juiz Francisco Jose Pitanga Bastos. 

O Escrivão e Benemérito da secular Entidade, o advogado tributarista Fernando Máximo Moreira, revela à TRIBUNA, que "o precioso órgão foi doado à Basílica em 1854 por uma devota e após oito décadas sem funcionar voltou a tocar, no transcurso dos 263 anos da Basílica da Colina Sagrada, totalmente recuperado com recursos próprios da Irmandade do Senhor do Bomfim". 


Compartilhe       

 


TRIBUNA VIRTUAL



Notícias Relacionadas